Em nota, PSB considera ‘oportunista e conservadora’ aliança do Cidadania com Progressistas em João Pessoa

Em nota, a presidente da Comissão Provisória do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Cassandra Figueiredo, informou que considera a aliança do Cidadania, do governador João Azevêdo, com Cícero Lucena, do Partido Progressista (PP) em João Pessoa para as eleições de 2020, ‘oportunista e conservadora’. 

Cassandra Figueiredo ainda frisou que a aliança João Azevêdo e PP é uma ‘estratégia de sobrevivência de um grupo’ que tem um líder ‘que não tem força política’, fazendo referência ao ex-filiado do partido, Azevêdo. Entre os nomes do PSB está o do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho. 

Leia a nota:

“Longe de ser uma aliança programática, essa aliança é uma estratégia de sobrevivência de um grupo, cujo líder não tem qualquer força política para enfrentar as urnas e tão pouco para o enfrentamento do debate sobre os problemas da cidade, que sustente suas contradições ideológicas e sua traição ao campo progressista. A cidade não pode retroceder, o próximo gestor terá desafios importantes para lhe dar. 

Temos que pensar no papel de cada cidade e cada estado por exemplo, nas soluções pós- pandemia e para enfrentar as forças de extrema direita, responsável pelos retrocessos que estamos vendo em todas as áreas. Cada vez mais vejo a importância de união dos partidos progressistas, somando forças de resistência em todos os cantos desse país. 

No mais, essa aliança do governador  com o PP é coerente com sua postura oportunista e conservadora”.

Fonte G1 Política

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: