Santa Rita entra no quinto dia consecutivo sem água e deputado diz que vai verificar licitação com empresa que substituiu a Cagepa

A população de Santa Rita entrou no quinto dia consecutivo sem água e continua sofrendo com as consequências do encerramento do contrato com a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) feito pela prefeitura no dia 12 de maio. A gestão preferiu que a empresa privada Consórcio de Águas do Nordeste (ANE) assumisse o serviço alegando falta de investimento da estatal na cidade.

Conforme foi divulgado pelo ClickPB, os moradores têm usado as redes sociais para protestar contra o prefeito Emerson Panta, reclamando de água barrenta nas torneiras e tendo que percorrer quilômetros para chegar a uma fonte no município. A população também fez protestos fechando rodovias e levando baldes na romaria da Santa Rita de Cássia no domingo (22).

Nesta terça-feira (24), o deputado estadual João Gonçalves (PSB) afirmou que esteve na festa da padroeira em Santa Rita e que ouviu diversas críticas dos moradores presentes que cobravam da prefeitura o retorno do abastecimento de água. O parlamentar enfatizou que vai entrar com um requerimento para verificar a licitação pública que foi feita pela prefeitura com a empresa.

“O povo está há cinco dias sem água. A Cagepa tinha pedido 30 dias para repassar o serviço. Mas, conseguiram uma liminar na Justiça, assumiram a operação e não sabem nem ligar a bomba. A conversa do prefeito e da deputada [Jane Panta, esposa do gestor] não se sustenta. Não sabem operar o sistema. A empresa que ganhou não tem idoneidade nem conhecimento técnico”, disse.

Fonte G1 Política

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: