Pré-candidato a vereador de João Pessoa é investigado por propaganda eleitoral antecipada

O Ministério Público Eleitoral de 1º grau, na 1ª Zona Eleitoral de João Pessoa, resolveu  instaurar procedimento preparatório eleitoral para apurar possível propaganda eleitoral antecipada, mediante pedido explícito de votos pelo pré-candidato a vereador de João Pessoa, Genildo Rodrigues Alves.

A portaria, assinada pelo promotor eleitoral Adrio Nobre Leite, foi publicada do Diário eletrônico do Ministério Público Federal (MPF) desta terça-feira (4). O procedimento tem o prazo inicial de 60 dias.

Genildo Rodrigues Alves, que é pré-candidato a vereador de João Pessoa pelo PSDB, teria pedido votos pelas redes sociais.

Fonte G1 Política

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: