Polícia prende suspeito de matar militante do PT que teve corpo encontrado em Jacarapé e apreende moto da vítima

A Polícia Civil prendeu um jovem suspeito de matar o agente socioeducativo Gabriel Taciano, que teve o corpo encontrado abandonado no bairro de Jacarapé, em João Pessoa, nesse domingo (17).

O preso foi encaminhado à Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, pela equipe da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Homicídios) da Capital.

As primeiras informações são de que Gabriel Taciano e o suspeito tinham um relacionamento sexual.

Ontem, os diretórios estadual e pessoense do Partido dos Trabalhadores emitiram nota em que lamentou a morte do militante partidário e da causa LGBTQI+. O PT relatou que Gabriel foi encontrado morto com requintes de crueldade.

De acordo com a nota, “Gabriel era militante do Partido dos Trabalhadores e das mais diversas lutas sociais e populares de nosso Estado. Era um grande guerreiro da causa LGBTQI+ e um incansável defensor dos direitos humanos.”

Gabriel estava desaparecido e foi encontrado sem vida justamente no Dia Internacional de Combate à LGBTfobia. “Exigimos IMEDIATAMENTE que o Governo do Estado através da Secretaria de Segurança Pública nomeie um delegado especial para investigar o caso, prendendo seus assassinos e que a justiça puna com rigor os criminosos.”

Fonte Click PB

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: