Operação da Polícia Civil prende dez pessoas e desarticula facção criminosa no município de Jacaraú

Uma operação policial prendeu nesta quinta-feira (14), 10 pessoas acusadas de integrar uma facção criminosa, na cidade de Jacaraú, na Paraíba. A operação foi deflagrada pela Polícia Civil da Paraíba, em ação integrada com a Polícia Militar.

De acordo com a Polícia, os presos são acusados de integrar a facção denominada PCC, instalada recentemente na região. Os criminosos são acusados de aterrorizar os moradores da região. 

” Após a facção do PCC se instalar na cidade e na região, sobretudo no Litoral Norte, a população ficou sendo aterrorizada ,mas a Polícia agiu rápido e estamos conseguindo dar uma resposta e desarticular o grupo criminoso”, enfatizou o delegado Sylvio Rabelo, seccional de Mamanguape. 

Segundo o delegado, os membros da facção passaram a entrar nas residências e provocando assaltos,  ameaças com reféns, disparos com armas de fogo, inclusive tendo praticado duplo homicídio no último  sábado.

“As Polícias Civil e Militar montaram um plano de ação, onde passaram a realizar todas as diligências necessárias às capturas dos mesmos. Inclusive em dado momento desta última noite, uma casa foi cercada pelas Polícias”, informou o delegado.

 Após as diligências, foram presas cinco pessoas da referida casa com objetos de roubos. Além dos cinco, mais cinco homens que exibiam armas de fogo também foram presos. Duas escopetas calibre 44 e três revólveres e munições foram apreendidos. 

“Até o momento 10 pessoas foram presas das duas facções criminosas, dentre elas, seis integrantes do PCC. As ações continuam na área de maneira integrada “, concluiu.  

Audiência por vídeo conferência

Um dos fatos destacado pelo delegado  Sylvio Rabelo foi a realização de uma audiência por vídeo conferência com o Judiciário, o que agilizou a expedição dos mandados de prisão.

“Momentos antes da operação  realizamos uma audiência por video conferência entre os gestores da PC, PM, Judiciário e MP, onde representamos naquele instante por mandado  busca e prisão temporária, sendo acolhido pelas Autoridades”, revelou.

Fonte Click PB

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: