Nilvan quer cortar ‘regalias’ de prefeito e secretários e cita uso de carros e celulares institucionais: “essas ‘mamatas’ eu vou ‘passar a faca'”

Na entrevista ao jornalista Luís Torres, no programa Frente a Frente, da TV Arapuan, Nilvan Ferreira declarou nessa segunda-feira (29) que vai acabar com ‘regalias’ para prefeito, secretários e outros comissionados da Prefeitura de João Pessoa, se for eleito. O apresentador que deixou os microfones do Sistema Correio para se dedicar à pré-campanha se comprometeu a retirar acesso a celular, carro e motorista particular institucionais pagos pela PMJP.

“Eu trabalhei na TV Correio e a conta do meu telefone quem paga sou eu com meu salário. O carro que eu venho trabalhar, e se hoje eu tenho condições de pagar a um motorista, é pago do meu salário. Por que é que o povo tem obrigação de pagar o telefone do prefeito, o telefone do secretário, o telefone do subsecretário, o telefone do comissionado do terceiro, quarto e quinto escalão e ainda tem que ir buscar o cara em casa e ficar esperando com ar condicionado gelando para o secretário se dar bem? O dinheiro público ele tem que servir para resolver o problema de quem está sofrendo lá na ponta”, disse Nilvan Ferreira.

O pré-candidato a prefeito pelo MDB se comprometeu a lembrar do compromisso firmado nesse dia 29 de junho, dizendo que vai ‘passar a faca’ nas ‘mamatas’ porque as transformações precisam ser também na parte moral, segundo ele. “Eu só faço isso se eu não tiver problema na Câmara. Se eu fizer isso, esses cortes dessas regalias que a gente tem no poder. Porque a maioria que quer ser secretário de prefeitura, que quer ser prefeito é porque vai ter regalia. Para quê pode ir ‘prefeitura’ deixar filho de prefeito na escola com motorista e segurança? Isso é absurdo. Ou a gente começa a moralizar nesse ponto ou vamos continuar as coisas que estamos assistindo. As mamatas que nós temos hoje, vocês podem ficar certos, eu vou acabar com isso. A minha primeira entrevista de televisão é essa. E eu estou assumindo esse compromisso dia 29 de junho que essas ‘mamatas’ eu vou ‘passar a faca’ com ‘dois quentes e dois fervendo’. Eu vou fazer as transformações e as transformações precisam ser feitas também na parte moral.”

Veja também

‘Não vamos permitir que se elejam ladrões para Prefeitura de João Pessoa’, afirma Nilvan Ferreira sobre pré-candidatura

Nilvan Ferreira acusa Cartaxo e Azevêdo de quebrar a economia da Paraíba durante pandemia

Nilvan Ferreira diz que população o enxerga como última alternativa de melhoria na política paraibana

Pré-candidato à Prefeitura declara que Luciano Cartaxo adotou Apartheid em João Pessoa

Vereadores

Nilvan falou ainda que quer candidatos a vereador que sejam comprometidos com o projeto e que não queiram negociar cargos. Ele comentou sobre corte de gratificações e de ‘servidores fantasmas’. “Para escapar da parte promíscua, da relação entre Poder Executivo e Poder Legislativo, eu vou precisar eleger vereadores que estejam comprometidos com aquilo que nós vamos precisar fazer em João Pessoa para eu não ter que ficar refém, não ter que fazer acordo escuso com quem vai para a Câmara para tentar negociar cargos. Por isso que eu vou dizer à cidade, nas minhas ‘andanças’, ‘eu preciso eleger vereadores que estejam no mesmo palanque que eu’. Para que seja mais fácil eu poder fazer uma inspeção na folha de pagamento da prefeitura sem problema, para tirar fantasmas, para cortar gratificações dadas a protegidos de políticos nessa cidade.”

Locações

O comunicador também comentou da devolução de prédios e veículos locados. “Vou precisar do apoio da Câmara para devolver todos os prédios públicos que são locados nessa cidade à Prefeitura (de João Pessoa. Vou devolver todos. Vou devolver todos os carros locados nessa cidade. O prefeito vai ser o primeiro a usar celular com conta paga por ele.”

Fonte G1 Política

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: