Governo Federal formaliza, em solenidade, adesão das escolas cívico-militares; Paraíba tem três unidades

O Governo Federal promoveu, por meio do Ministério da Educação (MEC), uma solenidade para formalizar a adesão das escolas que implementaram o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim) em 2021. Na ocasião, as unidades escolares que aderiram ao Programa em 2020 receberam a certificação prevista pelo Pecim e foram anunciadas 89 novas vagas para o Pecim em 2022.

Três escolas na Paraíba já integram o Programa Nacional de Escolas Cívico-Militares do Ministério da Educação em parceria com o Ministério da Defesa: Escola Municipal Chico Xavier, em João Pessoa; a Escola Capitão Tomaz Panta, em Santa Rita; e a Escola Maria José de Miranda Burity, em Cabedelo, conforme apurou o ClickPB.

A solenidade foi realizada no Palácio do Planalto e contou com a participação do Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro; do Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro; do Ministro de Estado da Defesa, Walter Braga Neto; do diretor de Políticas para Escolas Cívico-Militares do MEC, Gilson Passos; além de parlamentares e representantes das Escolas Cívico-Militares (Ecim).

As unidades escolares que aderiram ao Pecim no 1º ciclo, em 2020, receberam a certificação como forma de reconhecimento das atividades realizadas nas áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa, culminando no atingimento das iniciativas estratégicas e dos objetivos estratégicos do Pecim.

Essa metodologia de certificação foi elaborada pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e pela Universidade de Brasília (UnB), e compreende três níveis: básico, intermediário e avançado. Dessa forma, somente as escolas que aderiram ao Pecim em 2020 foram certificadas, já que as demais unidades escolares ainda estão em fase de implementação.

?Hoje é um dia muito importante. Temos, aqui, homens e mulheres que estão transformando o Pecim em realidade. O trabalho desta equipe, composta por profissionais da educação e militares, vem estruturando esse Programa, criando metodologias, desenvolvendo ferramentas de gestão e treinando profissionais para permitir que o modelo de escola cívico-militar possa contribuir para a melhoria da educação básica (…)?, afirmou Gilson Passos durante o evento.

Milton Ribeiro, nesse sentido, explanou sobre o sucesso do Programa e o desejo de muitas unidades escolares em aderir ao Pecim. ?O sucesso desse Programa é tamanho que, atualmente, nós temos mais de 300 municípios na fila de espera querendo aderir a esse modelo (…)?, afirmou.

Além da certificação prevista pelo Programa, quatro Ecim receberam uma premiação por se destacarem como escolas modelo do Pecim. São elas: a Escola Cívico-Militar Municipal Quinze de Novembro (Bahia); a Escola Estadual Cívico-Militar Professor Alberto Elpídio Ferreira Dias (Mato Grosso do Sul); a Escola Municipal Cívico-Militar Carioca (Rio de Janeiro); e a Escola de Educação Básica Professor Ângelo Cascaes Tancredo Cívico-Militar (Santa Catarina).

?No dia de hoje estão aqui os responsáveis pelas Escolas Cívico-Militares. Essa premiação é uma provação de que eles estão cumprindo as metas propostas pelo Decreto. Nosso governo foi responsável ao estabelecer o Pecim, propondo uma maneira de avaliar se elas estão de fato alcançando os objetivos almejados (…)?, ressaltou o ministro da Educação.

Ainda durante o evento, como citado anteriormente, foram abertas 89 vagas para as escolas que desejam aderir ao Pecim. Com essa ampliação do número de vagas ofertadas, o Programa antecipa a meta prevista de 216 Ecim para 2023. ?Tenho certeza de que a assinatura das 89 novas vagas para 2022 representam a superação de nossas expectativas (…)?, afirmou Ribeiro.

Fonte Click PB

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: