Empresária Taciana Ribeiro Coutinho, suspeita de matar o marido, tem prisão preventiva revogada

A 1ª vara de justiça do município de Sapé revogou a prisão da empresária Taciana Ribeiro Coutinho, suspeita de matar a tiros o marido, Elton Pessoa, após uma discussão. Ela estava em prisão domiciliar com o uso de tornozeleira eletrônica. 

O crime ocorreu no dia 10 de abril deste ano em uma fazenda no município de Sapé, na Zona da Mata paraibana. Os tiros teriam sido disparados após uma discussão do casal. Ela se entregou a polícia pouco depois.

Na decisão, o juiz Anderley Ferreira Marques alegou que ainda não houve oferecimento de denúncia, extrapolando, portanto, os prazos previstos no Código de Processo Penal. ”Ainda que se considerasse a demora na tramitação do inquérito policial, assim como a quarentena verificada em razão da pandemia causada pelo Covid-19, não seria razoável o aguardo de meses sem nenhuma acusação formal”, diz trecho da decisão.

Veja aqui a íntegra da decisão

LEIA MAIS:

Fonte Click PB

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: