Em audiência pública sobre a LDO 2022 de João Pessoa, município apresenta projetos em execução na área urbana, meio ambiente e desenvolvimento social

Após ter sido adiada em um dia por conta de falhas técnicas, vereadores, secretários municipais e sociedade civil organizada discutiram, em audiência pública, na manhã desta quarta-feira (16), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício financeiro de 2022. 

A discussão ocorreu de forma remota em virtude da pandemia de Covid-19 e contou com a presença dos vereadores e dos secretários do Planejamento, José Willams, e da Gestão Governamental e Articulação Política, Diego Tavares. Ainda contou com a participação de representantes da sociedade. A LDO é a norma que apresenta as prioridades, metas e ações da gestão municipal para o ano seguinte e é base para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA).

O secretário de Planejamento, José Willams, apresentou ações que estão sendo realizadas por secretárias do município no campo da cultura, do planejamento e da infraestrutura. Destacou ações como a intervenção na barreira do Cabo Branco devido a erosão, obras para a ligação urbana entre bairros e intermunicipais com parcerias técnicas com o Governo do Estado e Dnit, a drenagem de águas pluviais e a pavimentação de vias urbanas.

Comentou que foi feito um mapeamento das áreas que ainda não constam como pavimentadas na cidade e entregues ao gestor municipal. ?Hoje o prefeito tem em mãos todas as ruas que são pavimentadas em asfalto, paralelo ou similar, e as que ainda não estão asfaltadas. Também estamos estendendo também para a área de drenagem e esgotamento sanitário, fruto de uma ação coordenada com município e organismo do governo estadual e federal?, afirmou, como o ClickPB acompanhou.

Ainda de acordo com o secretário, há ainda ações no meio ambiente como a criação e novos parque e implantação de alguns que foram criados, mas não implantados, como o Parque no antigo Lixão do Roger, Timbó e Lauro Pires Xavier. Na área de desenvolvimento social como a segurança alimentar, implantação de cozinhas comunitárias, aumento dos restaurantes populares, auxilio moradia e bolsa universitária.

Sobre a audiência, este ano, o relator da peça orçamentária é o vereador Carlão (Patriota). Os parlamentares e comissões permanentes da Câmara Municipal de João Pessoa  têm até dia 18 de junho, às 17h, para a apresentação de emendas ao projeto junto à Comissão de Finanças e Orçamento. Outras sessões e audiências irão acontecer para debater sobre a temática.

Fonte G1 Política

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: