Criança que ingeriu cocaína enquanto a mãe e o companheiro faziam sexo em motel de Santa Catarina segue internada, diz polícia

Uma criança de 2 anos que ingeriu cocaína enquanto a mãe e o companheiro dela praticavam sexo na sua frente em um motel de Jaraguá do Sul, no Norte catarinense, continuava internada em um hospital da região até a publicação desta reportagem. Segundo o delegado responsável pelo caso, Caléu Mello, ele não corre risco de vida.

Uma outra criança, de 4 anos, também estava no local. O caso ocorreu na quinta-feira (8).

De acordo com o delegado, a Justiça concedeu liberdade provisória para a mãe das crianças, que tem 21 anos. Já o homem, de 22 e que não é pai dos meninos, continua preso no Presídio Regional de Jaraguá do Sul.

“A criança ainda está hospitalizada e a decisão de como será a sua oitiva (se por perícia psicológica ou depoimento especial em sede de produção antecipada de provas) vai depender de decisão do Judiciário”, informou o delegado Caléu Mello.
Segundo o delegado, o indiciamento do casal foi feito pelos crimes de posse de droga para uso pessoal, pelo crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) de entregar substância que causa dependência a criança e abandono de incapaz. O caso segue em investigação na Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami).

“Não há nenhuma suspeita de abuso sexual infantil. E, pelas declarações da própria mãe, a criança teria ingerido cocaína. A mãe teria levado as crianças porque alegou não ter com quem deixá-las”, conclui o delegado.

Mello disse ainda que o casal admitiu ter feito sexo na presença das crianças. A Secretaria Municipal de Assistência Social informou que até a manhã desta segunda-feira (12) não havia solicitação de abrigo para os menores. Até as 14h, o G1 SC não conseguiu contato com o Conselho Tutelar da cidade.

O caso

O casal foi preso em flagrante na madrugada de quinta. Segundo a polícia, a mãe das crianças e o homem estavam sob efeito de entorpecentes.

O menino de 2 anos que estava com o casal foi encaminhado para o hospital pela equipe dos bombeiros após passar mal porque teria ingerido drogas. A mãe acompanhou o filho até o hospital. Foi a equipe dos bombeiros que acionou a Polícia Militar.

Quando a polícia chegou ao motel, o homem se trancou no quarto. Os policiais conseguiram entrar após arrombar a porta e viram que havia sangue na cama, além de maconha e um pacote com restos de cocaína. A quantidade não foi detalhada.

O casal foi encaminhado à delegacia pela PM por aliciar crianças e por posse de drogas. O crime de desobediência também foi registrado contra o homem.

Fonte Click PB

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: