Após Eduardo Leite assumir ser gay, deputado paraibano já defende candidatura do governador gaúcho à presidência

Poucas horas após o governador de Rio Grande do Sul assumir que é gay, inúmeros políticos inundaram as redes sociais com mensagens de apoio para Eduardo Leite. O deputado federal paraibano Rafafá, por sua vez, defendeu nesta sexta-feira (2) a candidatura do chefe do Executivo gaúcho à presidência.

“Eu não tenho arrodeio. Quando assumi o cargo de deputado, tive a oportunidade de conhecer todos os pré-candidatos do meu partido e avaliei todos. Tasso Jereissati e João Dória são bons nomes, mas minha escolha é por Eduardo Leite”, disse o parlamentar em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

O deputado federal Rafafá (PSDB) assumiu o cargo em abril, após a licença de Pedro Cunha Lima. Assumidamente gay, ele é uma figura icônica nas campanhas eleitorais em que participa por conta da sua postura e sua forma extrovertida de gravar os guias eleitorais.

Entenda o caso

O governador Eduardo Leite revelou sua orientação sexual durante entrevista para o programa Conversa com Bial desta quinta-feira. 

“Eu nunca falei sobre um assunto que eu quero trazer pra ti no programa, que tem a ver com a minha vida privada e que não era um assunto até aqui porque se deveria debater mais o que a gente pode fazer na política, e não exatamente o que a gente é ou deixa de ser”, explica. Nas palavras do governador, “nesse Brasil com pouca integridade a gente precisa debater o que se é”.

“Eu sou gay. E sou um governador gay, e não um gay governador, tanto quanto Obama nos Estados Unidos não foi um negro presidente, foi um presidente negro. E tenho orgulho disso”, desabafou.

Fonte G1 Política

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: